7 de abril, Dia do Jornalista

200px-libero_badaro_por_tancredo_do_amaral

Libero Badaró / Arte: Tancredo do Amaral

Parem as máquinas! Hoje é dia de comemoração!

Feliz dia nacional do jornalista! 

Mas como surgiu esta data?

O dia é comemorado em homenagem ao jornalista João Batista Libero Badaró. Badaró foi médico, jornalista e defensor do liberalismo em plena monarquia de Pedro I. Redigia para o jornal O Observador Constitucional e não tinha medo de divulgar seus ideais, atacando os autoritarismos do governo e do próprio imperador. Ataques que criaram tensões políticas e resultaram no seu assassinato.

No dia 20 de novembro de 1830 foi atacado e mortalmente ferido por motivos políticos. Em seu leito de morte pronunciou a sua mais célebre frase: “Morre um liberal, mas não morre a liberdade.” A morte de Badaró, elevado a mártir da liberdade de expressão, provocou a indignação da sociedade com os desmandos do governo. Indignação que  produziu movimentos sociais e levou a abdicação de D. Pedro I no dia 7 de abril de 1831.

No dia 7 de abril de 1908 foi fundada a Associação Brasileira de Imprensa (ABI) que decidiu no dia 7 de abril de 1931, um século após a abdicação do imperador,  instituir a data como Dia do Jornalista.

Uma data marcada pela luta contra o autoritarismo, pela defesa da liberdade de expressão e pela coragem de não se curvar a qualquer forma de pressão política.

Parabéns a nós jornalistas!

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: