Sites e portais de notícias como meio jornalístico

21 de fevereiro de 2012

O governo brasileiro estuda o enquadramento da portais e sites de notícias como meio jornalístico. A iniciativa ocorre devido ao questionamento da Abert (Associação Brasileira de Emissoras de Rádio e Televisão) sobre as leis de comunicação nacionais. No momento, o  ministro das Comunicações, Paulo Bernardo, aguarda um parecer da AGU (Advocacia-Geral da União) sobre o assunto.

O questionamento surgiu com o interesse do portal de notícias americano Huffington Post em estabelecer uma filial brasileira (atualmente o portal já tem filiais no Canadá, França e Reino Unido). Mas o interesse pode contrariar as leis brasileiras, especificamente o Artigo 222 que impõe um limite de capital estrangeiro em mídias tradicionais em 30%. A Abert defende que esse limite também seja respeitado por portais e sites que produzam conteúdo jornalístico no Brasil.

O presidente da Abert, Emanuel Carneiro, defende a proteção do conteúdo jornalístico nacional por sua natureza, ao invés de seu suporte: ““O artigo 222 abrange toda e qualquer empresa jornalística, seja mídia impressa, radiodifusão ou internet, não importa o meio, mas a natureza do que é produzido”.

——————————————

Interessante notar que a onda de investimentos estrangeiros no Brasil também inclui o interesse em conteúdo jornalístico, e mais, em jornalismo digital. Naturalmente, há uma resistência sobre investimentos dessa natureza, e as razões são várias. Além de proteção para as empresas nacionais já estabelecidas, há o risco de que as informações e notícias produzidas por quem tem capital estrangeiro atendam especificamente os interesses dos investidores e não os interesses nacionais.

A questão também é interessante pois são os sites e portais de notícias que serão enquadrados como meio jornalístico e não a Internet inteira. Mas quais os limites para determinar o que é ou não um site jornalístico? Afinal, mesmo portais de entretenimento podem conter uma seção ou outra dedicada a informações. E sites que apenas fornecem espaço para a divulgação de mensagens produzidas pelos internautas? Eles também não contam com conteúdo jornalístico, especificamente o de jornalismo cidadão? Curiosamente, o CEO do Twitter, Dick Costolo, já chegou a declarar em uma conferência que sua empresa não é uma companhia de mídia pois ela distribui notícias ao invés de produzí-las.

Se depender da perspectiva de Costolo, conteúdo produzido por cidadãos, sem interferência dos organizadores do site, não faz do site um meio jornalístico, o que pode determinar a diferença entre conteúdo produzido por jornalistas profissionais e por cidadãos nas leis brasileiras.


Senado aprova em 1º turno a PEC do diploma

1 de dezembro de 2011

Nesta quarta-feira, dia 30 de novembro, o Senado aprovou, em primeiro turno, por 65 votos a 7, a PEC (Proposta de Emenda à Constituição) que reestabelece a obrigatoriedade do diploma para o exercício do jornalismo, manifestando-se, portanto, contra a decisão do Supremo Tribunal Federal.

A proposta ainda deverá ser aprovada em um segundo turno, que ainda não tem data para a votação. Caso seja aprovada pela segunda vez, a PEC seguirá para apreciação da Câmara dos Deputados, que também deverá ter dois turnos de votos para aprovação da proposta. Se alguma alteração for feita pelos deputados, a proposta deverá voltar para nova apreciação do Senado.


Curso de criação de revistas digitais para tablets nos dias 12 e 13 de dezembro

24 de novembro de 2011

Curso de criação de revistas digitais para tablet

A página do Guia do Estudante sobre a profissão de Jornalismo aponta que o nosso mercado de trabalho se expande nas mídias digitais. Portanto, é preciso entender as novas tecnologias e como adaptar as narrativas jornalísticas a esses meios hipertextuais, interativos e multimídia. Isso inclui o novo suporte tablet que permite a leitura de revistas digitais.

E para quem tem interesse em criar essas revistas, irei ministrar o curso Criação de revistas interativas para tablets na sede do Grupo PhotoPro, em Itu, nos dias 12 e 13 de dezembro. Serão dois dias repletos de dicas e técnicas para fazer uma revista com layouts na orientação vertical e horizontal e  elementos interativos como hiperlinks, slideshows, áudios, vídeos, entre outros. E o melhor: não é preciso saber códigos de programação, pois a revista é criada no aplicativo Adobe InDesign.

No final do curso o aluno já terá sua própria revista digital em mãos. Por isso, não perca e inscreva-se no site da PhotoPro!

Nos vemos no curso!


Itaú Cultural filmará série “Repórter” em evento aberto ao público

23 de novembro de 2011

O Itaú Cultural irá promover, em um evento aberto ao público, o encontro de jornalistas de diversas gerações, para a gravação da série “Repórter” do programa de TV “Jogo de Ideias”. Serão dois dias de filmagens, com reflexões sobre o jornalismo atual e, principalmente, sobre a reportagem.

O evento terá a curadoria da jornalista, escritora e documentarista Eliane Brum, que apresentará o programa junto com o jornalista Claudiney Ferreira. O homenageado da série será Audálio Dantas, vice-presidente da União Brasileira de Escritores e diretor-executivo da revista Negócios da Comunicação, premiado pela ONU por suas reportagens sobre o Nordeste na extinta revista Realidade. Junto com Audálio, também participarão do programa os repórteres José Hamilton RibeiroLeonardo SakamotoNatalia VianaRicardo Kotscho e Rosângela Ramos.

As gravações irão ocorrer na sala Itaú Cultural, nos dias 1 e 2 de dezembro, com a filmagem de dois programas por dia. Mais informações pelo telefone (11) 2168-1777.

Programação:

Quinta 1 de dezembro

18h 

Natalia Viana e José Hamilton Ribeiro.

20h 
Audálio Dantas é entrevistado por José Hamilton Ribeiro, Ricardo Kotscho, Claudiney Ferreira e Eliane Brum.

[um pequeno coquetel em homenagem a Audálio Dantas será servido após a gravação do segundo programa]

Sexta 2 de dezembro

18h
Leonardo Sakamoto e Ricardo Kotscho.

20h 
Audálio Dantas, Claudiney Ferreira e Eliane Brum entrevistam Rosângela Ramos.


PEC do Diploma… na próxima semana?

19 de novembro de 2011

A Proposta de Emenda à Constituição nº 33/09 poderá finalmente ser apreciada na semana que vem, no Senado. Segundo a Federação Nacional de Jornalistas (FENAJ), a apreciação f0i adiada devido a duas medidas provisórias que trancaram a pauta do Senado. A apreciação das duas MPs foi transferida para a próxima terça-feira, dia 22 de novembro. A expectativa agora é que a PEC do diploma seja apreciada em uma das duas sessões ordinárias da próxima semana, ou que seja convocada sessão extraordinária.


PEC do diploma incluída na pauta do Senado para o dia 16 de novembro

15 de novembro de 2011

A PEC nº 33/09 (Proposta de Emenda à Constituição que retoma a obrigatoriedade do diploma para a profissão de Jornalista) foi incluída na pauta do Senado para esta quarta, dia 16 de novembro. Dirigentes da Federação Nacional dos Jornalistas (FENAJ), dos Sindicatos de Jornalistas e da campanha em defesa do diploma irão articular movimentos pela aprovação da matéria, tais como uma marcha para Brasília e vigílias durante a sessão. Para a aprovação da PEC, será necessário o quórum qualificado de 3/5 (pelo menos 49 senadores favoráveis do total de 81).


MediaOn 2011 – 5º Seminário Internacional de Jornalismo Online

6 de novembro de 2011

Logo MediaOn 2011

O evento MediaOn 2011, fórum internacional sobre os rumos das atividades dos jornalistas e profissionais de Internet e as tendências da informação no mundo digital,  irá ocorrer de 22 a 24 de novembro, em São Paulo, no Itaú Cultural.

A pauta desta edição é a transformação do ciclo da notícia no universo digital, o papel transformador das redes sociais nas notícias de 2011, a revolução digital na indústria cultural e os efeitos na produção e distribuição de conteúdo criativo.

O evento é gratuito e aberto a todos [com exceção da abertura no dia 22, exclusivo para convidados]. Quem estiver interessado em inscrever um grupo ou participar individualmente, pode enviar um e-mail para itaucultural@comunicacaodirigida.com.br e informar nome, instituição e número de participantes ou atividade que exerce.

Além disso, o evento será transmitido em tempo real pela Internet em português, inglês e espanhol. Após o evento, estes vídeos estarão disponíveis para consulta. Aliás, você já pode conferir os vídeos do MediaOn 2009 e MediaOn 2010.


%d blogueiros gostam disto: